Você já parou para pensar na importância do inglês para empresas? Muitas vezes, dentre os candidatos a uma vaga, você identifica a pessoa que seria ideal para ocupá-la, mas um único motivo impede de contratá-la: a falta de proficiência no idioma. É aí que você se depara com um verdadeiro dilema, visto que não contratá-la soa como desperdiçar um talento, ao mesmo tempo que sua função ficaria comprometida sem o inglês.

Pode ser que esse sentimento também surja em relação a alguém que já atua há algum tempo na empresa, mas não possui fluência no idioma. Pensando nisso, algumas companhias estão investindo no inglês in company.

A solução desse problema consiste na contratação de uma consultoria especializada no ensino do idioma, para ministrar aulas aos seus colaboradores. Essas aulas normalmente ocorrem na própria sede da empresa e são direcionadas às necessidades encontradas para o ramo de atuação. ( Business English)

Se você acredita que oferecer treinamento de inglês aos seus colaboradores seria a solução para os casos que citamos acima, mas ainda está um pouco inseguro quanto a essa prática, acompanhe nosso artigo e conheça as principais vantagens de realizá-la.

1. Motivação dos funcionários

Quando a empresa investe no funcionário e em seu crescimento profissional, ele entende que sua empresa acredita em seu potencial. Inevitavelmente, isso impacta de modo direto na motivação para o trabalho melhorando a retenção de talentos.

Hoje em dia, a saúde e bem-estar do colaborador é objeto de diversos estudos e fator importante nas empresas. Investir em ações que os mantenham motivados, ao mesmo tempo que otimizam os resultados de seu trabalho, é a fórmula perfeita para o crescimento.

2. Foco no conteúdo adequado do idioma para o mundo corporativo.

Se você contrata uma consultoria para ministrar aulas em sua empresa, o foco deverá ser nas necessidades dos seus colaboradores que trabalham em um ambiente corporativo no mundo dos negócios ( Business English). É diferente de, por exemplo, pagar por um curso convencional, onde seriam abordados conteúdos mais genéricos ou generalistas ( General English)

3. Método personalizado- Taylor made.

Se os temas abordados em aula podem ser adaptados às necessidades da sua empresa, podemos dizer o mesmo da metodologia empregada. O inglês in company é um modelo que foge ao convencional e, portanto, a forma de ensinar também muda.

Normalmente, situações cotidianas do mundo corporativo e vocabulário técnico específico são abordagens comuns durante as aulas. Além disso, as classes serão homogêneas, onde todos se encontrarão alinhados quanto aos objetivos, faixa etária, ramo de atuação e necessidades.

4. Resultados mais efetivos

Se o foco e a metodologia se adequam às suas necessidades, consequentemente, o mesmo acontecerá com os resultados. Até mesmo o aproveitamento das aulas muda, já que o aluno não precisará se deslocar ou encontrar uma brecha na agenda para os estudos. Você ganha tanto em tempo quanto em qualidade e produtividade..

5. Otimização do desempenho

Conforme o colaborador avança no nível de inglês, o seu desempenho nas funções que necessitam de conhecimentos no idioma se aprimoram. Com o tempo, você vai perceber a diferença, até mesmo, nos resultados da companhia em termos gerais.

O inglês para empresas é uma ótima forma de investir nos recursos humanos, que são peças valiosíssimas para o sucesso da sua empresa. O valor investido nessa ação certamente trará um retorno surpreendente, devido ao seu impacto direto na atuação da sua empresa no mercado.

Se você gostou deste artigo, não deixe de ler também algumas dicas para formar uma equipe bilíngue em sua empresa!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *